segunda-feira, 7 de julho de 2014

Para refletir - Contrabando



Amigo  e  amiga  ouvinte,  por  que  viajas  com  tanta  bagagem,  
rumo  à  fronteira  do  além?  
Terrenos  e  casas,  dinheiro  em  papel  e  moeda,  
apólices  e  títulos, para  que  tanta  bagagem?
Não  sabes  que  tudo  isso  vai  ser  apreendido  como  contrabando, 
lá  na  fronteira  do  outro  mundo?
Aprende  a  possuir  o  necessário  sem  seres  possuído  pelo  supérfluo.
Riquezas,  honras  e  prazeres  tudo  será  confiscado,  
nem  um  só  átomo  passará  para  além...
O que é material  fica para o mundo da matéria o  que  é  espiritual  passa  para  o  mundo  do  espírito!
Veres-te  subitamente  de  mãos  vazias  tu,  que  andavas  sempre  de  mãos  repletas!
Não  poderes  salvar  dos  teus  capitais  um  centavo  sequer!
Por  que  não  queres  compreender,  
pobre  analfabeto  do  espírito,  a  filosofia  da  eternidade?
Por  que  não  procuras  valores  que  possas  levar  
para  além  da  fronteira  deste  mundo?
Valores  que  não  se  desvalorizem  naquele  mundo  espiritual?
Valores  que  circulem  como  moeda  corrente  
no  país  para  onde  vais  mudar?
Se tivesses de emigrar para o Japão ou a China, 
não te interessarias pelos valores que nesses países circulam?
E  por  que  não  pensas  em  trocar  em  valor  espiritual  os  teus  títulos  materiais?
Se  a  isto  não  te  levar  a  religião  e  a  fé  levem-te  a  isto  a  filosofia  e  o  bom  senso.
Que  aproveita  ao  homem  possuir  mil  valores  materiais  se  lhe  faltar  o  único  valor  espiritual?
“Que  aproveita  ao  homem  ganhar  o  mundo  inteiro se  chegar  a  sofrer  prejuízo  em  sua  alma?”
Nem com todos os mundos do universo, se pode enriquecer uma alma...
Que  tens  tu,  amigo,  se  tens  o  que  não  podes  ter  para  sempre?
Que  não  possuis  tu,  amiga,  se  possuis  o  que  sempre  possuirás?
Aprende  a  possuir  o  que  merece  ser  possuído e  despossuir-te  do  que  não  merece  a  tua  posse.
Liberta-te  da  cobiça  material  com  espontânea  liberdade  antes  que  da  matéria  te  despoje,  forçosamente,  a  morte  cruel!
Ser  despojado,  simples,  sem  ambição,  é  sorte  de  escravo 
libertar-se  é  virtude  de  herói...

Abre  o  Evangelho  de  Jesus  Cristo  e  aprende  
a  filosofia  da  vida, porque  é  a  filosofia  da  vida  eterna!
A  sabedoria  da  eterna  felicidade ...   
A  “liberdade  gloriosa  dos  filhos  de  Deus.”

Do livro “De alma para alma, De Hubertpo Rphden , 1961 (Contribuição do amigo  Antônio Francisco Lacerda "Toninho") 

Ouça o audio feita pelo amigo Toninho Lacerda:


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Publicidade                   Anuncie Aqui

Postagens populares