terça-feira, 3 de abril de 2012

Jesus a nossa Pascoa!


A páscoa já era comemorada pelos Judeus há milhares de anos, é uma das sua principais festas e relembram o saída do Egito.
O termo Pessach ou Páscoa quer dizer “passagem” para os judeus foi a passagem para a liberdade.

A Páscoa tem muitos símbolos. hoje em dia, as pessoas lembram-se apenas do coelho – por causa de sua grande fertilidade - e dos ovos de chocolate – que substituíram os ovos de galinha que eram pintados e se quebravam com muita facilidade. Tanto o coelho, quanto os ovos, querem associar à páscoa o simbolismo da vida que se renova. Mas tais símbolos nunca foram bíblicos (ver Tradições pagãs na Páscoa).


O principal símbolo da páscoa é o cordeiro que foi morto pelos judeus e cujo sangue colocado nos umbrais das portas de suas casas para evitar a visita do anjo da morte. Naquela noite todos os egípcios, inclusive o Faraó, perderam seus filhos primogênitos e, por causa disso, o coração daquele governante foi convencido a liberar o povo de Israel (êxodo, cap. 12). 


Jesus é a nossa Páscoa. João Batista quando o viu à beira do rio Jordão, disse para o povo: 
“Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1:29). 

Durante muitos anos cada família tinha que sacrificar cordeiros em sinal de remissão pelos pecados. Vem, então, Jesus que, morrendo pelos pecados da humanidade, afirmou na cruz do calvário: 
“Está consumado!” (Jo 19:30). 
O preço foi pago – o Cordeiro de Deus foi imolado e a justiça de Deus foi satisfeita.

Portanto, Páscoa é ter e reconhecer Jesus Cristo como único Senhor e suficiente Salvador. É louvar a Deus pelo nosso Cordeiro – Jesus – que nos fez passar da morte para a vida, da escravidão do pecado, para a vida abundante em Deus.

“Joguem fora o velho fermento do pecado para ficarem completamente puros. Aí vocês serão como massa nova e sem fermento, como vocês, de fato, já são. 
Porque a nossa Festa da Páscoa está pronta, agora que Cristo, o nosso Cordeiro da Páscoa, já foi oferecido em sacrifício.”
(1 Coríntios 5: 7)

Comentado por Thiaguinho (Thiago Vieira Machado)

2 comentários:

  1. Que bom saber que Cristo é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, ele é nossa páscoa, nos fez nascer de novo, aleluia!!!

    ResponderExcluir
  2. Thigo terei que registrar aqui as mesmas palavras disse em outro de seus post, visto serem no meu ponto vista iguais e ao mesmo tempo tão distintos, mas que guardam sua peculiaridade próprias e então eu transcrevo aqui o que havia comentado bem assim nesta sua posta que agora participo e que tem o título: "Jesus a nossa Pascoa!" E por isso mesmo posso dizer sim: Valeu por mais este esclarecimento sobre a Páscoa no Judaísmo, que tem uma pouco as suas características e significados bem diferencias pois um vê segundo a Lei e Outro pela Graça, mas os dois fato são muito importantes por se autocompletarem sendo impossível sua dissociação, pois os dois estão dentro do Plano de Deus e assim se cumpriu pela sua soberana vontade, agradecido mesmo assim, ok"!

    ResponderExcluir


Publicidade                   Anuncie Aqui

Postagens populares